Empresa sem dinheiro? 3 passos para diagnosticar o problema e soluções concretas

Contato

+55(169)8128-9211

Av. Dra. Nadir Águiar, 1805, sala 312

 Jardim Jamil Seme Cury

Ribeirão Preto - SP, 14056-680, Brasil

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Copyright ©2018, NewisCool Tecnologia Educacional LTDA. - All rights reserved.

Empresa sem dinheiro? 3 passos para diagnosticar o problema e soluções concretas

Atualizado: 30 de Nov de 2019

Nesse texto apresentamos o diagnóstico e as soluções possíveis para que o empresário faça o diagnóstico e selecione pelo menos 2 ações para resolver o problema econômico da sua empresa.



Toda empresa passa por momentos críticos e como isso é resolvido separa os homens dos meninos. Há mais do que simplesmente um problema de dinheiro envolvido sempre. A maturidade do empresário junto com dados reais do negócio é que podem definir se há ou não solução.

Passo 1 – Calcule a Margem do negócio

A primeira ação a se fazer é calcular se a empresa realmente é lucrativa. Essa análise será o ponto de partida para resolver todo o problema. E, a maturidade do empresário é determinante porque ter esses números, por si só, já é um bom sinal - muitos nem ao menos sabem com exatidão o que está acontecendo. Em uma folha de papel, anote os seguintes dados, e vá incluindo outros itens conforme forem valores importantes ou grandes. Os dados abaixo são fictícios, mas poderiam ser de qualquer empresa. Seja honesto quanto aos números, isso não é para mostrar para ninguém, é sua ferramenta de trabalho para essa decisão.



Supondo que essa seja sua lista de gastos mensais, iremos calcular alguns indicadores. Tenha em mãos, também, o Faturamento.

Passo 2 – Ache a Taxa de Juros Real e Margem

Você precisa saber quanto deve, pois está pagando juros. Se você já sabe a taxa de juros, já tem o próximo número que precisamos. Se não tem, peça a quem você deve o valor da dívida. Se você dividir quanto paga por mês pelo total da dívida e, depois, multiplicar por 100, terá a Taxa de Juros Real.

Calcule a Margem: faça a conta do faturamento menos o custo total e, depois, faça a divisão desse número pelo faturamento. Multiplique o resultado por 100. Iremos chamar esse número de Margem de Faturamento.

Passo 3 – Diagnóstico da empresa

Isso é feito de outra forma por Administradores, mas para termos um diagnóstico rápido, do jeito que estamos fazendo serve pra um diagnóstico rápido. Veja abaixo em qual situação você está:


Obviamente que não estão listadas todas as soluções possíveis, só as que dão resultado concreto e verificado com pesquisas sérias. Durante muito tempo analisei muitas pesquisas sobre o que realmente é eficiente para resolver o problema econômico das empresas. A diferença entre a visão econômica e a visão financeira é que no primeiro caso estamos falando de lucro e rentabilidade do funcionamento dela. Na visão financeira, outros tipos de problema são considerados, como o prazo de pagamento a fornecedores, prazo de recebimento das vendas e outros. Um outro texto trata do diagnóstico financeiro.

Entre as soluções possíveis apresentadas, o que resultou em recuperação de empresas deve ser escolhido usando critérios que vão alinhar o que o empresário consegue fazer e que obedeça a algumas regras. Uma única solução proposta nunca é suficiente, ou seja, o empresário deverá adotar sempre pelo menos 2 das propostas de solução acima e que sejam complementares. Da mesma forma, no próximo texto que trata de soluções para problemas financeiros, lá também deverão ser escolhidas pelo menos 2 propostas de solução.

O que ficou provado em inúmeras pesquisas é que uma ou duas tentativas não resolvem o problema de falta de dinheiro das empresas, o que funciona é a conjugação de 8 medidas, sendo pelo menos 2 em cada classificação.

Tomando as decisões acima, pelo menos duas, a probabilidade de que sua empresa recupere a geração de dinheiro será de 20 a 25 %, ou seja, só isso não basta. No próximo texto trataremos do diagnóstico e soluções possíveis no campo financeiro.