dog-2794681_1280.jpg

aSSINE PARA RECEBER NOVAS PUBLICAÇÕES

DickDukeGamingDesignProcess1973_PeqPeq.j

bAIXE RECURSOS EDUCACIONAIS DOS EXEMPLOS DE APRENDIZAGEM ATIVA

Assine a nossa página e seja avisado sobre novos textos nessa área.

Como testar uma ideia de negócios se quero manter segredo da boa ideia?

Essa pergunta me veio à cabeça logo na primeira vez em que assisti uma rodada de apresentações de startups (pitches). Fiquei atônito ao notar a franqueza e exposição que cada um dos times mostrou sua ideia com alguns detalhes sensíveis sobre o negócio em público e sem medo. O que estava acontecendo?

Depois de muito aprender sobre empreendedorismo concordei com os profissionais mais experientes com uma afirmação que foi difícil, no começo, mas agora faz muito sentido: o sucesso não vem de uma boa ideia, mas de uma boa implantação e execução.

Para explicar melhor vou usar um caso em que vivi, décadas atrás. Com o surgimento das impressoras a laser (antes das a jato de tinta), vi uma oportunidade de usá-la para imprimir a foto, além do número do documento, do proprietário do cheque, ou seja, do titular da conta corrente. Isso foi numa época em que o cheque era o principal meio de pagamento. Fiz várias incursões para buscar um parceiro para a ideia. Não sei se por coincidência ou por má sorte, um outro especialista em TI também teve a mesma ideia e a registrou uma patente em nome do Banco das Nações, que utilizou como forma de marketing da segurança de seus cheques. O resultado é que a minha proposta de cobrar 0,1 centavo de dólar por cheque impresso e oferecer a todos os bancos virou pó. Mas, ao mesmo tempo, fiquei aliviado porque os smartcards tomaram lugar dos cheques (os conhecidos cartões de débito e crédito com chip), que desapareceram, assim como o referido banco, mas não sei